Mercado Financeiro

Entenda como a Quanto pode aumentar a acurácia das análises de crédito

Oferecer crédito é sem dúvida nenhuma um diferencial competitivo. É algo que os consumidores querem e valorizam. Quanto mais crédito, melhor! Para os consumidores. Para as empresas, a máxima é outra: quanto mais crédito e menos inadimplência, melhor. Para isso, aumentar a acurácia das análises de crédito é fundamental e é justamente assim que a Quanto tem ajudado as empresas.

 

Toda e qualquer empresa que trabalha com crédito sabe o quanto é difícil equilibrar a balança na qual em um dos lados está o aumento de receita e, no outro, o risco. Não à toa, conceder crédito envolve uma série de análises de dados. Informações disponíveis nas próprias instituições financeiras, como aquelas que podem ser consultadas nos órgãos de proteção ao crédito.

 

Com o Open Banking, no entanto, essas possibilidades de análises ganharam um novo horizonte, dando uma leitura do que está acontecendo com o usuário em tempo real. São informações que vão muito além dos usuais dados cadastrais ou questões relacionadas a negativações e inadimplências. 

 

O Open Banking permite uma visão completa do perfil financeiro das pessoas a partir de dados como saldo e extrato bancário, limites de crédito já aprovados, empréstimos, investimentos e transações financeiras. É com base nessa mecânica que a Quanto tem ajudado empresas a aumentar em até 37% a acurácia das análises de crédito, cujo impacto direto se reflete na diminuição da taxa de inadimplência.

 

Como aumentar a acurácia das análises de crédito

 

Com a solução da Quanto, instituições financeiras conseguem acessar o histórico bancário dos clientes e, com isso, entendem melhor o perfil dos seus usuários, podendo tomar decisões de crédito com mais precisão. E o impacto disso é visível: