Mercado Financeiro

Chamadas de APIs no Brasil mostram crescimento do Open Banking

O portal Open Banking Brasil, um hub de conteúdo mantido pelas principais instituições participantes do Open Banking, registrou em novembro um aumento significativo de chamadas de APIs, indicando uma tendência de crescimento do Open Banking no Brasil. 

 

Enquanto nos meses de junho, julho, agosto, setembro e outubro a média de chamadas mensal permaneceu na casa das 5 milhões, em novembro, o número de chamadas de APIs saltou para quase 13 milhões, conforme o gráfico abaixo.

 

Fonte: Open Banking Brasil

 

A partir dessa observação, é possível levantar algumas hipóteses para esse crescimento de mais de 100% das chamadas de APIs bem-sucedidas das instituições participantes. A primeira delas tem relação com o início da Fase 3 de implementação do Open Banking, que aconteceu no fim de outubro. 

 

A principal novidade desta etapa foi o ITP, que permite a integração do ecossistema de compartilhamento de dados com o Pix. Ou seja, abriu-se a possibilidade de os consumidores fazerem transações, como pagamentos e transferências, utilizando o Pix no âmbito do Open Banking. E como o Pix fez enorme sucesso por aqui, esse aumento das chamadas de APIs pode ter a ver com isso.

Outra hipótese diz respeito aos ajustes técnicos e à própria evolução que o sistema financeiro aberto teve desde fevereiro, quando começou a ser implementado. Como já falamos por aqui, não são poucos os desafios tecnológicos envolvidos e, conforme o tempo passa, novas soluções surgem para resolver possíveis obstáculos na implementação.

Mas há ainda uma terceira hipótese: o crescimento do interesse pelo Open Banking por parte das empresas e consumidores. Afinal, o assunto faz cada vez mais parte das discussões diárias sobre o mercado financeiro, deixando cada vez mais claro o valor que o sistema financeiro aberto traz, principalmente quando falamos de crédito.


Crescimento do Open Banking aumenta o fluxo de crédito


Mas afinal, por que o Open Banking tem ganhado cada vez mais tração? Além das hipóteses acima e do número concreto que mostra o aumento das chamadas bem-sucedidas de APIs, temos observado resultados interessantes com os nossos clientes e que também podem ilustrar o crescimento do Open Banking no Brasil. E a palavra-chave aqui é crédito.

Usando dados análogos ao do Open Banking com a nossa tecnologia de acesso direto, um de nossos parceiros, por exemplo, conseguiu aumentar em 28% a sua taxa de aprovação de crédito. Mais que isso, esse mesmo cliente viu um aumento na taxa de assertividade do modelo de crédito de 37%.

Isso quer dizer que esse cliente específico emprestou mais dinheiro e fez isso de forma mais inteligente, vendo um retorno desse investimento com base nas informações adicionais de Open Banking. Todo esse movimento envolve fluxos de chamadas de APIs e está diretamente ligado ao crescimento do Open Banking no Brasil.

 

Leia também:

Entenda as diferenças entre Open Banking e Open Finance

Produtos e soluções de Open Banking: os desafios rumo à inovação

Entenda o que é ITP: eBook sobre a Fase 3 do Open Banking