Mercado Financeiro

Dados de Open Banking podem melhorar a pontuação do score de crédito?

O Open Banking abre inúmeras possibilidades, desde novos sistemas de pagamento até o desenvolvimento de produtos e serviços personalizados, adaptados individualmente para cada pessoa. No entanto, a princípio, o primeiro grande impacto do mercado financeiro aberto está na análise e concessão de crédito. Mas apesar disso, será que os dados de Open Banking podem melhorar a pontuação do score de crédito? 

 

A resposta para essa pergunta ainda é incerta. Isso porque a pontuação de cada pessoa no score de crédito é calculada usando dados estatísticos que são coletados a partir de diversos tipos de indicativos. Em resumo, trata-se de uma nota dada ao histórico financeiro de uma pessoa. Já os dados de Open Banking vão além disso e, ao invés de mostrar "apenas" o histórico financeiro, traçam um panorama do comportamento financeiro de uma pessoa. E esse pequeno detalhe muda tudo.

No momento, o score de crédito (histórico financeiro) não usa dados do Open Banking (perfil comportamental) na composição da pontuação. Por isso, as informações oriundas do mercado financeiro aberto ainda não interferem diretamente na nota. No entanto, o Open Banking pode e já tem contribuído para que mais pessoas tenham acesso a crédito.


Diferença entre Open Banking e pontuação do score de crédito

 

Como dissemos acima, a grande diferença entre Open Banking e score de crédito é a visão comportamental que os dados do mercado aberto conseguem fornecer. 

 

Para exemplificar, imagine uma pessoa que sempre pagou as contas em dia e até tinha o hábito de antecipar pagamentos. Se por algum motivo qualquer - esquecimento ou alguma complicação financeira momentânea - essa pessoa deixasse de pagar suas contas em dia, ela poderia se tornar uma inadimplente. E mesmo que acertasse depois essas contas em atraso, a questão da inadimplência já estaria registrada e corroborando para uma queda no score de crédito. 

 

Caso essa pessoa precise de crédito, o histórico dela mostrará que ela já foi negativada e inadimplente. E só. O histórico de boa pagadora não estará registrado e apenas os dados do score talvez não ajudem essa pessoa a conseguir o que ela quer. 

 

Mas e os dados do Cadastro Positivo? Esses, sim, mostram o histórico de que essa pessoa é uma boa pagadora. Mas, mais uma vez, são dados estáticos. Apontam o que já aconteceu e ponto.

 

Os dados de Open Banking, por sua vez, aumentam consideravelmente a visão do todo. Pois além de mostrarem saldo e extrato bancário, que dão uma leitura do que está acontecendo com o usuário em tempo real, o Open Banking também permite ver limites de crédito já aprovados, empréstimos, inadimplência, investimentos e transações financeiras. 

 

É possível, ainda, categorizar as despesas e entender se a pessoa gasta mais com comida, transporte, entretenimento ou várias outras categorias. Ou seja, os dados de Open Banking fornecem um perfil completo dos usuários. E isso, claro, aumenta a acurácia de concessão de crédito, favorecendo para que mais pessoas tenham acesso a mais crédito.

 

Dados de Open Banking aumentam concessão de crédito

 

O que dissemos acima já vem sendo comprovado. A partir de dados do Open Banking, temos clientes que conseguiram resultados de forte impacto na concessão de crédito. Vimos casos nos quais empresas conseguiram aumentar em até 28% a taxa de aprovação de crédito por conta das informações do mercado aberto.

E não para por aí. Com a solução da Quanto, instituições financeiras conseguem acessar o histórico bancário dos clientes e, com isso, entendem melhor o perfil dos clientes, além de tomarem decisões de crédito com mais precisão. Como resultado, 60% dos usuários que já tinham limite de crédito pré-aprovado tiveram um aumento desse limite e 20% dos usuários sem crédito pré-aprovado receberam propostas de crédito. 

 

Ou seja, por enquanto, os dados de Open Banking não melhoram o score de crédito, mas já estão contribuindo para que mais pessoas tenham acesso a crédito. 

 

Quer saber mais e entender como o Open Banking pode beneficiar a sua empresa? Fale com nossos especialistas.


Leia também:

Digitalização de extrato: entenda os benefícios para concede crédito
Baixe de graça o eBook sobre o primeiro ano do Open Banking no Brasil
Entenda a diferença entre Open Banking regulado VS Open Banking feito pela iniciativa de mercado