Open Banking

Open Banking no varejo: Quanto participa do Fórum E-commerce Brasil

Em evento realizado no Fórum E-commerce Brasil - Grand Connection, a Chief Business Officer da Quanto, Victoria Amato, mostrou como o Open Banking vai impactar o varejo ao transformar dados financeiros em conhecimento sobre os clientes. Confira os destaques da palestra. 

 

Mudança de paradigma: os dados são dos clientes

 

"O Open Banking está trazendo uma mudança de paradigma para o mercado Brasileiro, entregando para o usuário final o poder sobre o compartilhamento dos seus dados financeiros. E isso tem um potencial enorme para o mercado de varejo".

 

De acordo com a Vicky, "estamos basicamente falando sobre troca de dados". Isso quer dizer que as informações que o seu banco tem sobre os clientes, o histórico de todas as transações financeiras, realizadas ao longo de anos, não serão mais uma propriedade da instituição financeira. "Até agora, esse dado pertence ao ambiente no qual está hospedado. Mas o Open Banking inverte esse conceito", explicou. Os dados passam a ser dos usuários. "Eu posso pegar a pastinha com as minhas informações financeiras e levar para onde eu quiser". 

 

Nesse ponto, o varejo sai na frente. Pois "pegar a pastinha" e levá-la para onde bem entender nada mais é do que consentir que o banco ou outra instituição financeira compartilhe os seus dados com quem você deseja. E como lembrou a CBO da Quanto, "consentir está ligado à confiança, um vínculo cada vez mais apreciado no varejo, onde 79% das pessoas consideram a confiança na marca como um aspecto imprescindível para se relacionar com ela". 

 

Fluxo dos dados após o consentimento do cliente.

 

Exemplo do crédito inteligente

 

"Como o Open Banking te dá acesso a dados financeiros de clientes, ele pode ser usado de formas bem criativas. Uma das minhas favoritas é o conceito de que o crédito Brasileiro pré Open Banking é limitado a duas respostas: sim ou não". 

 

O motivo de negar crédito é, geralmente, por falta de informações. Falta de dados financeiros que poderiam contribuir para a taxa de aprovação de crédito ser maior. "Vimos isso acontecendo na prática com um parceiro nosso que, ao utilizar dados análogos aos do Open Banking, aumentou em 28% a sua taxa de aprovação de crédito", ressaltou Amato.

Ou seja, os dados do Open Banking permitem tomadas de decisões mais precisas e rápidas. "Antes mesmo de construir um modelo e aprender como utilizar esses dados novos, o cliente já consegue perceber o impacto que essas novas informações financeiras agregam ao negócio".

 

Onboarding muito mais dinâmico

 

"Com o Open Banking é possível reaproveitar dados cadastrais já existentes, permitindo algo semelhante a quando você faz o login em algum site X usando seus dados do Facebook. Isso garante não só agilidade e menos fricção na jornada, mas também uma validação instantânea de identidade que reduz fraudes e limita o acesso a informações a mais que poderiam ser requeridas em um fluxo normal de onboarding. Tudo feito em compliance com o Open Banking, garantindo que a finalidade do uso do dado está clara para o usuário final". 

 

Construção de CRM

 

Com o acesso aos dados do Open Banking, fica fácil visualizar particularidades dos consumidores e, assim, investir recursos de forma muito mais inteligente e eficaz para a conversão de novos clientes ou rentabilização da carteira já existente. Como a Vicky explicou no Fórum E-commerce Brasil, "os dados de Open Banking fornecem uma visão não só da realidade do cliente, como também permitem entender qual é o poder aquisitivo deste cliente e até onde e como ele está gastando seu dinheiro".  


Open Banking na sua empresa

 

A Quanto é a plataforma pioneira de Open Banking no Brasil e acredita na democratização dos serviços bancários. Somos a conexão de diversas empresas e milhões de pessoas com o sistema bancário aberto. E temos o que os negócios precisam para aumentar as taxas de aprovação de crédito, diminuir a inadimplência e aproveitar ainda mais vantagens com as nossas APIs de Open Banking.

 

Quero saber mais sobre as APIs da Quanto