Movimentações financeiras

Tudo o que você precisa saber sobre a API Pix

Segundo o Banco Central, a API Pix é uma tecnologia que facilita e automatiza a interação entre negócios, usuários e instituições financeiras que realizam transações via o método instantâneo de pagamentos. Seu objetivo é o de permitir a integração e o diálogo entre duas aplicações diferentes.

 

Na prática, a API Pix torna mais fácil o compartilhamento de dados em tempo real. É também graças a ela que empresas conseguem ter a experiência de um processamento de transações mais rápido, seguro e de baixo custo, além de uma jornada de pagamento aprimorada.

 

A seguir, entenda o que é API Pix, como ela funciona, seus benefícios e como integrá-la ao seu negócio.

 

O que é API Pix?

 

API vem da sigla Application Programming Interface (Interface de Programação de Aplicação, em português). Refere-se a um conjunto de definições e protocolos que funciona como intermediário entre dois aplicativos, permitindo que eles “conversem” entre si.

 

Tendo isso em mente, quando falamos de API de pagamentos, nos referimos a uma aplicação que faz a ponte entre o sistema do vendedor e do comprador com as instituições financeiras. A finalidade da API Pix, portanto, é possibilitar que negócios recebam e façam pagamentos via Pix.

 

No caso do meio instantâneo de pagamentos, é o Banco Central que padroniza a Interface de Programação de Aplicação. Isso significa dizer que, ao desenvolver uma API Pix, os Provedores de Serviços de Pagamentos (PSP) devem respeitar o padrão definido pelo Bacen.

 

Quais os benefícios da API Pix?

 

Um dos benefícios da API Pix é facilitar a integração com o sistema de gestão de pagamentos, aprimorando a rotina financeira das empresas. Outro ponto positivo da tecnologia está na redução dos custos de tarifas bancárias nas transferências e pagamentos

 

Além dessas vantagens, não podemos esquecer que, com todas as exigências e com o controle do Banco Central, a API Pix traz mais segurança às empresas na proteção de dados

 

À lista de benefícios incluímos ainda a ampliação da concorrência no setor de pagamentos, algo que impulsiona o desenvolvimento de serviços mais baratos, seguros e modernos para todos.

 

Como funciona a API Pix?

 

O Pix possui dois módulos, o Sistema de Pagamentos Instantâneo (SPI) e o Diretório de Identificadores de Contas Transacionais (DICT), conforme explicamos:

 

  • SPI: garante o funcionamento dos serviços ligados à liquidação e gerenciamento da Conta de Pagamentos Instantâneos.
  • DICT: sistema que organiza as chaves - CNPJ, CPF, e-mail, telefone ou aleatória -, garantindo todo processo de atualização e exclusão de dados, cadastros etc.

 

As dinâmicas dos módulos é possível por meio de participantes. Eles podem ser:

 

  • Diretos: bancos e instituições financeiras que são autorizados pelo Bacen e que possuem uma conta de pagamentos no SPI, além de trocarem informações diretamente pelo sistema. 
  • Indiretos: embora forneçam contas transacionais para o consumidor, não possuem contas de pagamento no Pix ou comunicação plena com o SPI. Para realizarem suas rotinas operacionais, elas utilizam APIs cedidas por um participante direto.
  • Parceiro que usa o Pix como meio de pagamento: comerciantes, fintechs, startups e marketplaces que usam o Pix em seus negócios para dinamizar as operações de venda e automatizar a gestão de recebimentos

Como funciona a integração com a API Pix?

 

Para explicar como funciona a integração, daremos o exemplo da API Pix da Transfeera, uma fintech do meio de pagamentos e participante indireta do Sistema Pix. 

 

O primeiro passo é criar uma chave no sistema. A criação da chave habilitará a conta Transfeera e permitirá o recebimento de terceiros. 

 

Além de receber via chave, o usuário também consegue emitir QR Codes para que seus clientes realizem pagamentos por meio do aplicativo do banco ou no formato “copia e cola”.

 

Destacamos ainda que a autenticação e a autorização da API Pix seguem o padrão OAuth2. Ele permite ao usuário fornecer acesso limitado de seus recursos para terceiros, sem precisar compartilhar login e senha.

 

API Pix da Transfeera

 

Com a API Pix da Transfeera os negócios virtuais conseguem pagar e receber por Pix - solução da Transfeera para pagamentos e solução Transfeera para recebimentos, respectivamente.

 

A API Pix desenvolvida pela Transfeera traz benefícios como:

 

  • Pagamentos e recebimentos em um só lugar e sem o Internet Banking;
  • Automatização de transferências de valores de uma empresa para os seus parceiros;
  • Possibilidade de ter uma solução de validação de dados bancários;
  • Envio de alerta a cada nova entrada de valor na conta;
  • Confirmação automática de recebimento;
  • Emissão de QR Codes estáticos ou dinâmicos para fazer cobranças com Pix;
  • Redução de custos operacionais bancários;
  • Controle financeiro diretamente no ERP;
  • E outras.


Para saber mais, conheça a Transfeera.